Neutrinos mais rápidos que a luz? Parece que não!

Nas últimas semanas a comunidade científica tem-se desdobrado em explicações para tentar encontrar o erro nos dados do OPERA. O número de artigos publicados no serviço de preprint arXiv aproxima-se das duas centenas (não quer dizer que todos sejam credíveis). Contudo, fica aqui uma nota sobre esta experiência: existe muitas fontes de erro! (Para nossos leitores menos esclarecidos, qualquer medição implicitamente tem erros. Erros sistemáticos, estatísticos, etc.)

Ler artigo completo em: http://astropt.org/blog/2011/10/22/neutrinos-mais-rapidos-que-a-luz-parece-que-nao/

Advertisements